Arroba Sustentabilidade

A Arroba Sustentabilidade desenvolve diversas ações voltadas ao planejamento do uso do solo, buscando reunir informações dispostas em meio eletrônico, porém sem uma finalidade útil para os usuários que a necessitam (produtores rurais, instituições públicas e privadas, profissionais da área agrícola). O nosso objetivo é fornecer subsídios para que ocorra a transformação da paisagem rural seguindo os pilares da sustentabilidade – social, econômico e ambiental, além da adequação ao Código Florestal.

Dentre nossas ações, que são totalmente sem fins lucrativos e de livre acesso a todos os interessados, visualize um dos mapas produzidos pela Arroba na regional abrangida pela CATI JAÚ.

Mapa da região de Jaú

O mapa acima apresenta os municípios de Bariri, Barra Bonita, Bocaina, Boracéia, Brotas, Dois Córregos, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapuí, Jaú, Lençóis Paulista, Macatuba, Mineiros do Tietê e Torrinha (14 municípios que compõem a EDR JAÚ). Foram incluídos também os municípios de Pederneiras e Dourado devido ao fato desses possuírem limite municipal com Jaú.

Através desse mapa regional, a Arroba Sustentabilidade desenvolve projetos específicos conforme a necessidade de cada usuário. A exemplo disso, elaboramos o mapa da região com as declividades superiores e inferiores a 12% com a finalidade de determinar quantos hectares possuíam de cana de açúcar nas áreas acima de 12% de declividade (afinal, as usinas da região estão devolvendo essas áreas aos proprietários rurais por que a colheita mecanizada fica dificultada em áreas com declividade acentuada) . Dessa forma, a Arroba também oferece estratégias para que as áreas abandonadas pela cana de açúcar possam ser viáveis econômica e ambientalmente para o produtor rural com base numa nova cultura.

Além disso, devido ao fato de que propriedades rurais estão tendo que se adequar ao Código Florestal (Lei 12.651/2012), especificamente ao Programa de Regularização Ambiental,

propriedades que até então não possuíam área de reserva legal ou não possuem área de reserva na devida proporção (20% da propriedade), terão que se adequar. Uma possibilidade sugerida pela Arroba Sustentabilidade seria a compensação da reserva legal em áreas que excedem a porcentagem necessária ou até mesmo a composição em pequenas propriedades rurais (propriedades menores que 4MF) por meio dos serviços ambientais, onde o pequeno produtor rural irá receber para manter sua floresta preservada (considerando que os pequenos proprietários são dispensados de possuir reserva legal na sua propriedade, mas também não podem degradá-la). Observe no mapa abaixo as propriedades que são consideradas pequenas propriedades rurais na regional de Jaú (menores que 4 módulos fiscais)

Mapa de municípios região de Jaú

mapa da região de Jaú

* Lembrando que o módulo fiscal (MF) varia de acordo com cada município. Clique Aqui para acessar quanto vale o módulo fiscal no seu município.

Se você desejar também um mapa específico da sua região entre em contato com a Arroba Sustentabilidade.

Todos os mapas apresentados reúnem informações quanto às áreas cadastradas no Sistema de Cadastro Ambiental Rural – SICAR/SP que está disponível no site http://www.car.gov.br/#/ e é de domínio público.

Conheça o Cerrado Paulista

Veja os dados levantados pela empresa no Cerrado Paulista, que inclui as cidades de Bariri, Barra Bonita, Bocaina, Boracéia, Brotas, Dois Córregos, Dorado, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapuí, Jaú, Lençóis Paulista, Macatua, Mineiros do Tietê, Pederneiras e Torrinha.